Dia da Consciência Negra no MAB

Nesta sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra, às 19h, o Museu da Abolição recebe o Balé Afro Raízes, de Peixinhos, Olinda. O grupo fará uma apresentação beneficente e toda renda das contribuições espontâneas será revertida para o projeto social do grupo.

A companhia está trazendo, além da principal atração da noite – o espetáculo Guerreiros, uma oficina de dança afro com o professor Paulo Queiroz. Voltada para o público em geral, a oficina consiste em 30 minutos de demonstração de passos de dança afro primitiva. Em seguida, haverá uma roda de diálogo sobre gênero e raça com o professor Euclides Ferreira.

Segundo um dos coreógrafos e diretor de Guerreiros, Paulo Queiroz, o espetáculo é composto por 13 bailarinos que narram a história de duas tribos em disputa pelo seu território, o que seria uma metáfora da luta do povo negro e também da luta do próprio Balé Afro. Ambos lutam pela cultura afro-brasileira em meio à guerra que é enfrentar o preconceito e o racismo no dia a dia.

Serviço:

Guerreiros

Sexta-feira(20), às 19h

Museu da Abolição

R. Benfica, 1150 – Madalena

Recife-PE

81 3228-3248

Publicado em