Galeria de Fotos

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Recent Posts

Museu da Abolição inicia nova temporada do curso de extensão

Em abril deste ano o Museu da Abolição deu início ao Curso de Extensão “Tópicos da História e Cultura Indígena e Afro-Brasileira”. O objetivo do curso é oferecer subsídios para professores dos níveis fundamental e médio, ativistas e estudantes de licenciatura desenvolverem a discussão em sociedade sobre temas que dialogam com as Leis 10.639/03 e 11.645/08, referentes à obrigatoriedade da inclusão da discussão sobre a história da África e dos povos indígenas em sala de aula.

O curso está sendo desenvolvido em duas temporadas – entre os meses de abril a junho e de agosto a novembro – e é resultado de parceria colaborativa do MAB com professores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e da Secretaria de Educação do Estado. As aulas acontecem no museu quinzenalmente com carga horária de 4h cada, abordando um tema a cada encontro. Serão conferidas declarações de participação a cada encontro e certificados para os inscritos que participarem de 75% da carga horária total do curso. As inscrições são feitas pelo e-mail mab.educativo@museus.gov.br.

A primeira temporada do curso abordou temas como a Identidade Nacional, a situação dos indígenas no Brasil Colônia até o Brasil República, além da promoção do seminário “África Contemporânea e Novas Diásporas”, em parceria com a Fundação Joaquim Nabuco. “Com uma presença média de 35 alunos, as aulas do primeiro semestre foram consideradas um sucesso de audiência, tendo em vista serem realizadas em dias da semana e horários flutuantes”, afirma Fabiana Sales, técnica em assuntos educacionais do museu e responsável pela realização do curso.

A formação foi elaborada a partir da percepção, em diferentes eventos realizados no museu, bem com no atendimento ao público escolar, da necessidade de discutir de forma constante temáticas que abordam a história da África e dos afrodescendentes e dos indígenas brasileiros, conta Fabiana.  A articulação com os professores, todos voluntários, nasceu de parcerias que já haviam sido estabelecidas em outros momentos e atividades no museu, comenta a turismóloga.

A nova etapa do curso começa no próximo dia 19 com o tema “Liberdade de culto: legislação que protege a liberdade de cultura de matriz africana e indígena”. Para mais informações sobre o curso de extensão, nos acompanhe em nossas redes sociais!

Twitter: @museudaabolicao

Instagram: @Museuabolicao

Facebook: Museu da Abolição

Texto: Eduarda Nunes (Estagiária em Comunicação do Museu da Abolição).

  1. Plano Museológico atualizado do MAb disponível para consulta! Leave a reply
  2. Museu da Abolição e Museu da Parteira na 15ª Semana de Museus Leave a reply
  3. Curso de extensão sobre História e Cultura Indígena e Afro-brasileira no MAB Leave a reply