Em exibição: Instantâneas da África

Qual é o seu imaginário sobre África? Quais elementos, sensações e referências vocês têm sobre esse continente?

8 - Gorée, Senegal, 2004, 40 x 60 - Diego di Niglio

Gorée, Senegal, 2004 – Diego di Niglio

Luz brilhante, cheiros intensos, espaços infinitos, tradições milenares, solos secos, mãos que trabalham, viagens intermináveis; mas também luta pela sobrevivência, fome, carestias, guerras e exploração. Enfim, humanidade. Profunda humanidade. Lembranças inesquecíveis para quem já foi lá. Desejo para quem sonha visitá-la um dia.

Moçambique, Malaui, Suazilândia, Níger, Chade, Camarões, Togo, Benim, Burkina Faso, Senegal e Gâmbia, são os países que o fotógrafo Diego Di Niglio atravessou em 6 anos (de 2002 até 2007) de viagens não focadas nas fotografias, mas onde utilizou-se delas para descobrir e interagir com as realidades e as situações que naturalmente se geraram durante a permanência nos países.

Nas imagens, o fotógrafo tentou retratar a dignidade dos rostos e contar as histórias das pessoas com quem teve o caminho compartilhado. Companheiros de trabalho, em alguns casos, ou simplesmente de viagem, em muitos outros.

Imagens que podem ser encontradas facilmente no Brasil de hoje, recriando diariamente os laços históricos, culturais e humanos existentes entre os dois lados do Oceano Atlântico.

Publicado em