MAB recebe oficina de brinquedos

O Centro de Criação Galpão das Artes, em parceria com o Museu da Abolição, promove no próximo dia 6 uma oficina de confecção de brinquedos populares.

A infância deve ser lembrada pelo tempo de brincar. Outrora, no quintal de casa, na escola, no meio da rua, brincadeiras e brinquedos ganhavam diversas funções. Sabe-se que o tempo, associado às ofertas da tecnologia, promoveram a diminuição do ato de brincar na infância. O brincar foi substituído pelo jogar eletronicamente de forma compulsiva e individualista. Desta forma, os brinquedos populares foram desaparecendo da feira, do meio de rua e do quintal da casa. E com isso, desaparece também o hábito de construir, de montar e criar o seu próprio brinquedo e brincavam com ele.

Brincar é um direito que foi garantido por lei no final da década de 1950, na Declaração Universal dos Direitos das Crianças, documento elaborado pela UNICEF/ONU. Diz o princípio VII – Direito à educação gratuita e ao lazer infantil: “(…) A criança deve desfrutar plenamente de jogos e brincadeiras, os quais deverão estar dirigidos para educação; a sociedade e as autoridades públicas se esforçarão para promover o exercício deste direito.” Acredita-se que hoje o espaço escola seja o mais fiel e autêntico para difundir o escoamento da prática e confecção do brinquedo popular símbolo da infância que é o Mané Gostoso. Contudo, educadores atualmente inovam suas práticas de sala de aula com diversos projetos educacionais. E se apropriando do elo entre o artesão e a pedagogia do brincar celebraríamos uma aliança entre educação e cultura perpetuando a garantia da tradição do brinquedo – símbolo da infância, o Mané Gostoso.

A oficina vivenciada será de confecção do brinquedo baragandão com a brinquedista, artesã e pedagoga Edna Alves, limoeirense e integrante do Centro de Criação Galpão das Artes. A oficina sempre acompanha as ações culturais da entidade, que é Ponto de Memória e possui um acervo de brinquedos populares tradicionais.

BARANGANDÃO

Barangandão é um brinquedo interessante, fácil de fazer, de custo muito baixo e que serve tanto para crianças brincarem como para alegrar uma dinâmica de adultos.

A oficina é limitada a 20 vagas e as inscrições começam trinta minutos antes da oficina e por ordem de chegada.

Publicado em