Galeria de Fotos

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio  21.03.17

Bate-Papo com o artista Diego Di Niglio 21.03.17

Recent Posts

Maio no Museu da Abolição: confira o que aconteceu

O mês de maio é sempre muito movimentado no MAB! Além da Semana de Museus, promovida anualmente pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), também discutimos o tema 13 de maio, data que instituiu oficialmente o fim da escravidão, mas que até hoje é questionada.

Este ano realizamos o Seminário 130 Anos de Abolição com os professores José Bento e Aristeu Portela, do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas da Universidade Federal e Universidade Federal Rural de Pernambuco, respectivamente.  A atividade buscou retornar ao debate sobre o momento pós-abolição da escravatura, a partir da troca de saberes entre docentes. Professores da Rede Municipal de Educação participaram do seminário para ampliar conhecimentos e diversificar suas abordagens em sala de aula.

Além do seminário, o MAB levou o projeto Repatriação Digital dos Acervos Confiscados a alguns terreiros da cidadecomo atividade da 16ª Semana de Museus, cujo tema foi “Museus Hiperconectados – Novas Abordagens, Novos Públicos”. A equipe técnica do Museu da Abolição, visitou os terreiros da Nação Xambá, Sítio de Pai Adão e Tenda de Umbanda e Caridade Caboclo Flecheiro, e ampliou seus públicos e suas abordagens. Além disto, divulgou a exposição virtual do Museu Afrodigital, parceiro do MAB, que apresenta as fotografias dos objetos levados de Pernambuco a São Paulo pela Missão de Pesquisas Folclóricas Mario de Andrade, os quais foram apreendidos pela Polícia em 1938 e se encontram no Centro Cultural São Paulo, outro parceiro no projeto.

Também tivemos a apresentação do estudo sobre nossos azulejos desenvolvido por Ravena Barbosa, Renata Alves, Gabriela de Andrade e Eduardo de Freitas, estudantes do curso de museologia da UFPE.  A pesquisa “Cronologia de Azulejos Históricos – Danos e Caracterização Química dos Revestimentos das Fachadas do Museu da Abolição” já está disponível.

Confira algumas fotos das atividades

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 2728 29

 

  1. 130 anos: Abolição? Leave a reply
  2. Projeto Selos ganha 3ª edição Leave a reply
  3. Confira as fotos das oficinas para crianças no Museu da Abolição! Leave a reply