Semana Nacional dos Museus “Paisagens Culturais”

O Museu da Abolição dá as boas vindas às futuras parcerias com a comunidade de Ilha de Deus.

O Museu da Abolição – MAB/Ibram recebeu no dia Interacional dos Museus (18.05), representantes da  comunidade da Ilha de Deus, localizada no bairro da Imbiribeira, para uma visita mediada às exposições Lelia Gonzáles e IV Concurso de Fotografias Mestre Luis de França e à ludoteca. 

Após a mediação, uma roda de diálogo foi realizada na qual contamos com a presença do Caranguejo Uça, das poupadoras daquela comunidade, e adolescentes vinculadas a essas instituições, além de representantes da Gerência da Igualdade Racial. O diálogo foi pautado pela realidade vivenciada pelas mulheres e adolescentes da Ilha, Paisagem Cultural, Memória e Racismo.

De acordo com a diretora do Museu da Abolição, Maria Elisabete “este encontro abre diversas possibilidades de intercâmbio entre a comunidade e o museu, assim como desdobramentos em torno de políticas públicas voltadas para o protagonismo da mulher negra, memória, cidadania e relações étnico raciais”, declara a diretora do MAB.

“A Ilha de Deus é uma das mais antigas comunidades do Recife. É cercada por três rios – o Beberibe, o Tejipió e o Jordão, no bairro da Imbiribeira e pina. Nela moram mais de duas mil pessoas que vivem basicamente da pesca, produção de artesanatos e da reciclagem de lixo sólido. Dessa escassez de um mercado de trabalho fortalecido surgiu o projeto “Artesanatos Ilha de Deus Saber Viver”.

Fonte: interne.com.br/projeto-ilha-de-deus/
IMG_0002IMG_0035
Publicado em